in

Como lidar com um narcisista?

Viver com um narcisista nunca é calmo e fácil, porque ele não sente as emoções no nível que sentimos.

Lindando com narcisistas
Pixels

Estou sempre alertando as pessoas sobre o perigo e nocividade do narcisista para as vítimas.

E tenho recebido algumas duvidas e perguntas de como se proteger deles e é sobre isso que falarei hoje. Se você não sabe ainda o que é narcisismo leia o meu texto anterior aqui. 

Mas basicamente os narcisistas pensam que as outras pessoas tem o dever (e o privilégio) de lhes servir.

Com aproximadamente dez por cento das pessoas narcisistas provavelmente você já passou por pelo menos um em sua vida.

Eles são pessoas difíceis de lidar por que são emocionalmente infantis.

Pra eles a pessoa principal sempre terá que ser ele, o mais feliz, o mais bonito, o mais inteligente, o mais rico … ou até o mais triste.

Se você de alguma forma for o centro das atenções, como por exemplo em caso de luto, o narciso fará o possível para demonstrar que ele tem uma dor maior que a sua e necessita de atenção das outras pessoas.

O narcisista é basicamente um inseguro, um adulto que cresceu física, mas mentalmente falando suas emoções ficaram lá na infância.

Imagine uma criança de dois anos que um amiguinho tomou-lhe o brinquedo, provavelmente ele tomará de volta e ainda agredirá o amigo.

Sabe aquela criança que perde o jogo de futebol e resolve que já que a bola é dele ninguém mais vai brincar?

Da mesma forma se o narcisista perder o emprego poderá se vingar dos colegas, por exemplo, difamando-os.

Ou caso o companheiro (a) queira terminar o relacionamento tem tendência a planejar a morte do ex (isso em pessoas com alto grau de narcisismo)  ou difamando-o (a) publicamente, entre outras ações.

O narcisista não sente emoções no nível que sentimentos, por esse motivo o ambiente perto dele está sempre envolto de um elevado grau de emoções, seja ela positiva ou negativa.

Por exemplo, quando o narcisista quer festejar, ele festeja muito: muitas bebidas, muita festa, muitas gargalhadas, muitos amigos, muita alegria, etc.

E quando é pra ficar bravo também é muito intenso, muita gritaria, muita acusação, coisas quebradas, ataques físicos, envolvimentos de muitas pessoas etc.

São essas situações que lhe fornece o que chamamos de suprimento narcísico.

Narcisismo: Emoções e sentimentos exacerbados

Dessa forma, viver com um narcisista nunca é calmo e fácil, porque ele não sente as emoções no nível que sentimos.

Se as emoções tivessem temperaturas o narcisista só sentiria a fervura e o congelado, por exemplo.

Como um viciado que busca pela droga o narcisista busca as emoções e não consegue ficar sem, é por isso que ele precisa de pessoas ao seu redor.

Essas pessoas podem ser divididas em dois grupos: um grupo das emoções positivas, que vai suprir as emoções boas.

Esses são considerados amigos. Com eles fará muitas festas, será generoso e carismático e esse grupo será usado para evidenciar como o narcisista é “gente boa”, tem muitos amigos e é bom com todos eles.

Eles serão basicamente de amizades novas, porque dificilmente o narcisista consegue manter amizade por muito tempo.

Salvo se essas pessoas estiverem em um nível inferior a ele, seja acadêmico ou econômico.

Caso um desses amigos comece a “brilhar” mais que o narciso rapidamente ele passará para o segundo grupo, o das vitimas.

No segundo grupo, o grupo das emoções negativas, o narciso buscará suplemento das emoções negativas.

Nele inclui familiares, a (o) companheira (o) e os familiares dela, aquele colega de trabalho que aparenta ser tão bom quanto o narcisista.

Com esse grupo ele irá brincar com os sentimentos, brigar constantemente, acusações, fazer ameaças e até agressões físicas, chantagem emocional, humilhações etc.

Dentro desse último, ele elege algumas vítimas que receberá seu pior veneno.

Geralmente pessoas com elevado grau de empatia, pois são facilmente manipulados e que o narcisista admire de alguma forma secretamente.

Pois ele jamais assumirá essa admiração. E, elas serão aquelas que receberão a carga mais negativa dos abusos.

Se a(o) companheira (o) supra essa necessidade de emoções negativas de forma satisfatória, uma vitima só basta.

Caso contrario alguns familiares farão parte do rol de “persona non grata”.

Sobre essas vítimas cairá a estigma de alguém que não merece o amor do narcisista.

Elas terão defeitos evidenciados para aplacar o ciúme oculto que o narciso tem da vítima. 

Toda vez que a(s) vitima (s) tentar (em) se livrar desse relacionamento abusivo a turma do primeiro grupo a acusará, pois eles só conhecem o lado positivo do narcisista.

Eles jamais acreditarão quando as vitimas contarem os abusos, as agressões, gaslighiting, manipulação, difamação entre outros.

Assim ela será desacreditada e cada vez mais nas mãos do agressor.

Como se proteger de um narcisista? 

Quando você perceber que é vitima de um narcisista, o primeiro a se pensar é que secretamente ele te admira.

Caso contrário ele não estaria tentando apagar seu brilho e transformando você em alguém sem beleza, sem alegria, sem autoestima.

Quanto mais difícil de manipular, mais  vitorioso é para o narcisista “puxar o seu tapete”.

Então geralmente ele escolherá sua companheira (a) pela beleza, sucesso acadêmico e profissional que ele almeja, para destruir e se sentir por cima.

Então saiba que você brilha e ele não gosta.  Segundo passo é ter a certeza que ele nunca irá mudar.

Você nunca será boa (bom) o suficiente, apagada(o) o suficiente, triste o suficiente ou machucada (o) o suficiente, ele sempre buscará mais.

Sua crueldade não tem limites. Você só deixará de ser vítima de um narcisista caso não supra mais sua necessidade de suplemento narcísico. 

Veja duas formas práticas para romper com essa dinâmica

Para você parar de alimenta-lo a forma mais eficiente é o “contato zero”.

Contato zero é como o próprio nome já diz, é não ter contato algum com o narcisista, ele não consegue ficar sem suprimento e irá buscar outra vítima.

Dessa forma, não telefone, não converse, não faça contato visual, não fale seu nome, não converse sobre ele, principalmente com o grupo positivo, seria bom nem ter contato com eles por um tempo.

Não ceda as chantagens, não atenda o celular, não pense nele.

Outra coisa muito importante é evitar se expor nas redes sociais, os amigos do grupo positivo irão te mostrar para o narcisista.

Então evite postar qualquer coisa a nível pessoal.

Evite os locais que ele frequenta e caso tenha tido agressão física ou ameaça grave, procure a polícia e peça medida protetiva.  

Nem sempre é possível manter um contato zero, principalmente quando o narcisista é um familiar ou a vitima possui filhos com ele.

É então que pode ser usado o segundo método, o “pedra cinza”.

Pedra cinza tem esse nome porque uma pedra cinza é sem graça, não reflete nenhuma luz, nem emoção, nem cor.

No método pedra cinza você terá que ter um esforço muito grande para deixar de alimentar o narciso de suprimento (lembre-se, ele se alimenta de emoções positivas e negativas).

Não demonstre nenhuma emoção, não sorria e nem chore. Não fique triste, nem alegre.

Se o narcisista tentar te humilhar, faça cara de paisagem, (semelhante à de um manequim), como se você não tivesse emoção alguma.

Se der vontade de chorar, chore depois, na frente dele nunca!

Logo após ter o encontro inevitável, volte pro contato zero. 

Durante os primeiros dias ou meses, antes de encontrar uma outra vítima de seus ataques, o narcisista será muito incisivo em te procurar e provar que te ama.

Se for companheiro(a) fará serenata ou demonstrações públicas de amor grandiosas, comprará presentes e mostrará para o primeiro grupo como você é ingrata(o), falsa(o), mentirosa(o), louca(o) etc…

Caso seja um familiar, fará de tudo para reunir a família para te excluir e você se sentir abandonada(o) e sozinha(o).

Depois com o passar dos dias ele te esquecerá e irá em busca de uma outra vítima.

Mas lembre-se, ele pode voltar mesmo que passe anos, caso a “vitima da vez” deixe de alguma forma de suprir seus anseios narcísicos.

Ele voltará no momento em que você estiver quase totalmente recuperada(o), digo quase porque acredito que o mal que um narcisista causa deixará cicatrizes emocionais profundas demais para que possam ser esquecidas.

Entretanto, para evitar uma recaída, fortaleça sua autoestima e nunca, jamais espere ou acredite em uma mudança.  

Reportar erro

Escrito por Luciana Santos

Psicóloga CRP 06/148444 e Analista Comportamental apaixonada por pessoas e seus comportamentos anseia por levar a conhecimento do grande público uma psicologia simples e prática ajudando as pessoas a resolverem seus problemas diários.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
Luto: a conscientização da finitude, o direito de vivenciar e sentir as ausências

Luto: a conscientização da finitude, o direito de vivenciar e sentir as ausências

Como identificar se seu filho está com ansiedade?

Como identificar se seu filho está ansioso?