in

Relacionamento abusivo com narcisista: Saiba como identificar

Relacionamento abusivo com narcisista: Saiba como identificarRelacionamento abusivo com narcisista: Saiba como identificar
Jake Ryan by Pexels

Narcisismo é o estado mental de pensar em si mesmo em primeiro lugar.

Antes de começar a explicar os malefícios do narcisismo, gostaria de falar que um pouco de narcisismo é inerente e necessário a todos os seres humanos.

É o narcisismo que nos trás o autocuidado e preocupações com a sobrevivência.

Porém quando em grau elevado (narcisismo patológico), e é desse narcisismo que irei relatar, trás transtornos às pessoas ao redor e posteriormente pessoas com narcisismo exacerbado podem acabar na solidão por ninguém conseguir conviver com eles.

Na mitologia grega Narciso era filho de um deus e uma ninfa e nasceu com uma beleza estonteante.

A mãe perguntou a um adivinho se o filho viveria muito e foi lhe informado que viveria, desde que ele nunca conhecesse a si próprio porque isso lhe causaria a morte.

Quando adulto ele passou a atrair olhares e paixões de muitas moças por ser muito bonito, mas ele não se relacionava com ninguém porque acreditava que nenhuma delas fosse capaz de merecer o seu amor.

Em uma de suas caçadas Narciso foi beber água na fonte e viu pela primeira vez o seu reflexo e se apaixonou pela imagem perfeita de si mesmo, morrendo em seguida afogado tentando alcançar o inalcançável.

Esse breve resumo do mito já trás consigo bastante conteúdo para análise, mas quando eu explicar como a mente do narcisista funciona esse mito ficará muito mais fácil de entender.

Alguns dados: Pesquisas indica que 8,6 % das pessoas “sofrem” com o transtorno de personalidade narcisista.

Uso aqui as aspas em “sofrem” porque nesse transtorno quem sofre muito são as pessoas que convivem com os narcisistas.

Apesar de ser encontrado também em mulheres, o narcisismo é predominante na população masculina.

Geralmente não existe predisposição genética, o narcisismo pode ser criado pelo excesso de afeto, trauma emocional ou abuso sexual na infância.

Como excesso de afeto aqui entendemos como ausência de “não” é quando os pais, avós, ou outros familiares ama tanto a criança que são incapazes de impor limites, é receita de sucesso para se criar um narcisista.

Trauma emocional está ligado a qualquer trauma que o indivíduo possa sofrer.

Mas é bastante comum o abandono, imagine a criança que é totalmente mimada e depois nasce mais uma criança e ele perde o posto de preferido.

O abuso sexual também leva o sujeito a fantasiar com o poder que emana do agressor de um dia ser igual a ele.

O relacionamento com um narcisista patológico

Em resumo, narcisista é uma pessoa com elevada importância de si mesmo e como um baixíssimo ou até inexistente grau de empatia.

A empatia é o que faz com que nos coloquemos no lugar do outro e de certa forma “sentimos” sua dor.

Um narcisista nunca irá olhar para você como uma pessoa com sentimentos, na verdade dificilmente você se enquadra na categoria pessoa, é um mero objeto que ele pode usar sempre que tiver vontade.

Geralmente eles são muito simpáticos e dignos de admiração, são manipuladores e entendem os sentimentos mas não são capazes de senti-los.

Existem vários tipos de narcisistas patológicos descreverei alguns aqui, juntamente com as suas características principais, que muitas das vezes é comum a todos eles.

  • O SÁBIO: esse narcisista é aquele que detém todas as informações, geralmente eles têm todas as respostas (mesmo que erradas) de todas as perguntas. Julgam-se os mais inteligentes da face da terra e se não é compreendido não é porque ele não soube se explicar, é porque a sua inteligência é alta demais para que simples mortais consiga compreender. Geralmente eles jamais se dão bem com outros narcisistas.
  • O GRANDIOSO: Segundo suas próprias percepções os grandiosos estão no topo do mundo, são os mais bonitos, os mais inteligentes, têm o melhor carro, a melhor casa, galgam degraus na empresa para estarem no topo, derruba quem ousar atravessar seu caminho. É muito comum buscarem profissões que os destaquem como artistas e políticos.
  • O SEDUTOR: são super carismáticos e geralmente são o centro das atenções, tem muitos amigos (nenhum de longa data) e sempre se preocupam com o que as pessoas pensam dele. Caso alguém ouse ser tão ou mais carismático que ele seu lado perverso aparece.
  • O OCULTO: O narcisista oculto só mostra sua verdadeira face para poucas pessoas, geralmente cônjuge e filhos apenas. São capazes das maiores manipulações para se sentir superiores, diminuem a autoestima dos filhos apontando-lhes somente os defeitos, tendem a ser manipuladores com seus cônjuges pois quanto mais os diminuem, mais se sentem melhores. Ver seus cônjuges felizes com algo que não seja eles mesmo lhes causam mal estar porque se acham pessoas tão maravilhosas que é impossível alguém cogitar a ideia de abandoná-los.

Esses foram apenas alguns comportamentos de alguns narcisistas, por onde passam deixam marcas profundas em suas vítimas e jamais irão enxergar como pessoas com problemas, o culpado será sempre o outro.

Suas vítimas são como programas de computador sempre prontos a obedecer a comandos, eles irão fazer o possível para te dominar e caso você esteja totalmente destruída emocionalmente ele perderam o interesse e irão a procura de “sangue novo” porque a dificuldade de conquistar uma vítima com alta autoestima e destruí-la emocionalmente os farão se sentir superiores.

Quanto mais você conhece os narcisistas, mais seguro você fica, e como se livrar deles é assunto para outro texto.

Até lá!

Reportar erro

Escrito por Luciana Santos

Psicóloga CRP 06/148444 e Analista Comportamental apaixonada por pessoas e seus comportamentos anseia por levar a conhecimento do grande público uma psicologia simples e prática ajudando as pessoas a resolverem seus problemas diários.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
O que nos influencia diante das nossas escolhas?

O que nos influencia diante das nossas escolhas?

E quando a vacina do coronavírus chegar?

E quando a vacina do coronavírus chegar?