Search
Close this search box.

A paz mora no coração e nas atitudes

A paz tem sua morada no coração, na mente e na alma do ser humano
A paz mora no coração e nas atitudes

“Se quisermos ter paz na Terra, nossas lealdades devem transcender nossa raça, nossa tribo, nossa classe e nossa nação; e isso significa que nós devemos desenvolver uma perspectiva mundial.”

(Martin Luther King)


No dia 21 de setembro foi celebrado o dia internacional da Paz, valor desejado pela humanidade, pauta de projetos validados pela Organização das Nações, em que os contextos social, cultural, econômico, político e histórico devem ser considerados para que a ela seja praticada por cada um e todos.

A palavra paz, do latim pax, é definida como um estado de calma ou tranquilidade, ausência de perturbações. Derivada do latim pacem, absentia belli, significa ausência de violência ou guerra.

Anúncios

“(…) A paz
Fez o mar da revolução
Invadir meu destino; a paz
Como aquela grande explosão
Uma bomba sobre o Japão
Fez nascer o Japão da paz (…)”

(Gilberto Gil)

A paz tem sua morada no coração, na mente e na alma do ser humano, pode viver de maneira tímida, canhada, esquecida ou forte e presente em pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes.

Ela pede nutrição através do autocuidado e autoconhecimento, mergulhar em si mesmo, pela prática de meditação diária é um dos caminhos para sentir a paz interior.
Acredito que a paz não se ensina, se experimenta por meio de vivências contemplativas e engajamento pessoal a favor da não violência.

O contato com a Natureza favorece o contato com a paz interior, desde que a pessoa esteja aberta a essa conexão.

Dar permissão a si mesmo para sentir a relação entre natureza interna e externa é uma experiência incrível para a vivenciar a interdependência.

Afetamos e somos afetados os ambientes, relacionamentos a partir de nosso modo de ser e estar no mundo, portanto o mundo é o reflexo da consciência humana e suas atitudes.

Desejar a paz mundial implica em nutrir a sua paz interior e multiplica-la diariamente, um processo de dentro para fora, sustentado por cada pessoa.

Atitudes para nutrir e florescer a paz:

  • Conhecer o próprio ritmo
  • Evitar comparações
  • Evitar julgamentos (de si e de outros)
  • Meditar diariamente (qualidade mais importante que quantidade)
  • Honrar a sua biografia e ancestrais
  • Dedicar tempo à solitude, ouvir a voz do coração
  • Expressar a paz em gestos (ela não é teoria)
  • Engajar-se em projetos e causas pacíficas

A paz começa, portanto, em cada ser humano e fica enfraquecida em situações de violência, em suas diversas expressões, quando o respeito à dignidade humana é violado.

Diante do cenário atual, em razão da pandemia, um colapso emocional mundial precisa ser acolhido, visto, compreendido.

Situações de dor física e emocional, perdas, exclusão social, crise de valores assolam o planeta e de outro lado inúmeras iniciativas da sociedade civil atuando em direção oposta, em que valores como solidariedade, cooperação, compaixão, amor, união e paz estão sendo mobilizados e acima de tudo fortalecidos.

Diante desse acontecimento histórico, que está mudando o mundo e o modus operandi da humanidade, acredito e trabalho por ela, é uma escolha e não uma opção.

Anúncios

Sugestão de prática meditativa para inspirar você:

Escolha um local para sentar, confortavelmente, por alguns minutos, você vai cuidar de você e de suas emoções, se desejar ouça música instrumental relaxante.

“Há dias e momentos em que sentimentos menos positivos aparecem… e junto com eles ficamos tristes, chateados ou magoados.

Parar por alguns instantes nos ajuda a encontrar a paz que existe em nós, isso nos fortalece e nos ajuda a atuar no mundo com mais clareza mental e autorrespeito.

Volte sua atenção para a respiração… inspire e expire suave e tranquilamente… isso.. faça as respirações sem pressa…

Seu corpo, mente e emoções vão relaxando…

Você começa a sentir a tranquilidade que há em seu coração…

Mergulhe nessa sensação de paciência… solte.. os pensamentos e sentimentos nessa onda de paz…

Tudo passa… a energia de bem-estar e equilíbrio abraça você nesse exato momento…Sempre que desejar você pode mergulhar na paz que existe em você…

Inspire e expire profundamente… sem pressa… vá voltando devagar, abrindo os olhos… alongue o corpo… agora você poderá realizar as suas atividades… sentindo-se mais leve”.

Boas experiências! Abraço carinhoso.

Compartilhe esta postagem:

Sobre o autor(a)

Anna M. Oliveira

Anna M. Oliveira

Anna Maria de Oliveira. Pedagoga, há mais de 25 anos atuando na área educacional. Realiza mentoria com profissionais da educação, pais e interessados em desenvolvimento humano pessoal e profissional.
Anúncios
Últimas notícias

Psicólogo(a)

Torne-se um escritor no BlahPsi e tenha mais visibilidade

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!